Andando sobre as águas da dúvida

Walking-on-Water

“E respondeu-lhe Pedro, e disse: Senhor, se és tu, manda-me ir ter contigo por cima das águas. E ele disse: Vem. E Pedro, descendo do barco, andou sobre as águas para ir ter com Jesus. Mas, sentindo o vento forte, teve medo; e, começando a ir para o fundo, clamou, dizendo: Senhor, salva-me! E logo Jesus, estendendo a mão, segurou-o, e disse-lhe: Homem de pouca fé, por que duvidaste? E, quando subiram para o barco, acalmou o vento”, Mt 14:28-32

Nas experiências que tenho tido com o Coaching corporativo e individual, tenho constatado que o maior obstáculo que alguém pode ter não são as tempestades, nem os ventos e nem o mar agitado. Mas o medo e a dúvida sãos os piores inimigos a serem vencidos. Eu sei que em muitas ocasiões da vida, estas circunstâncias nos fazem paralisar, devido ao grande barulho e ao grande cenário de terror que se forma diante de nossos olhos. Mas em meio a esses momentos de maiores de tensão, nós temos sempre dois caminhos a seguir: ou entregar-se à situação, ou avançar para o alvo, enfrentando as tempestades que nos envolve no dia-a-dia, seja no trabalho, ou na vida pessoal.

Neste episódio narrado no Evangelho de Mateus 14:28-32, quero trazer alguns pontos importantes e, de alguma forma, poder contribuir com o seu sucesso, seja no âmbito profissional, familiar, financeiro, ministerial ou pessoal.

1 – É possível andar sobre as águas

Jesus e Pedro demonstraram ser possível andar sobre as águas. Isso é extremamente importante, para compreendermos que mesmo em meio às circunstancias de grandes dificuldades, de pressão no mercado, na economia, no trabalho, nas dores e tristezas, é possível passar por cima de tudo isso. Se o quadro mostra-se caótico, devemos buscar a força interior que existe dentro de cada um de nós, e passar por cima dos desafios. Tudo é possível ao que crê.

2 – Temos o sinal verde para o avanço : VEM! 

Jesus sinalizou para Pedro ir com ele, e Pedro andou sobre as águas. Deus já nos sinalizou que podemos avançar. Quando Deus criou o homem ele o incumbiu de quatro tarefas básicas: crescer, frutificar, multiplicar e ter domínio. Devemos dominar a siuação que aparecer pela frente, mas para isso, precisamos decidir ir em frente.

3 – É necessário confiança para vencer

Quando Pedro recebe o sinal verde, então ele começa a caminhar sobre as águas, vencendo as dificuldades. Tem líder que mostra-se capaz de vencer os desafios. Sendo um empresário ou executivo, que precisa vencer os ventos agitados do mercado; ou um funcionário ou empregado, que necessita avançar para vencer a pressão do trabalho, todos temos os dias que enfrentar dias conturbados. É preciso ter confiança nos potenciais e nas habilidades para sairmos do caos, e aprender a sermos criativos nas soluções.

4 – Manter o foco para chegar na meta desejada

Quando Pedro estava caminhando bem sobre as águas, de repente ele deixou de olhar para o alvo, e começou a preocupar-se com os ventos fortes e as ondas violentas. Todas as vezes que perdemos o foco, passamos a visualizar mais as dificuldades e então afundamos em nossos achismos, fracassos e mediocridade. Somente quem foca em seu objetivo final, consegue alcançar as suas metas desejadas.

5 – Enfrentar o medo para avançar

Pedro ao sentir o vento forte, teve medo. Momentos antes, o discípulo mais ousado de Jesus acreditou ser capaz de vencer toda impossibilidade que estava à frente dele. Mas quando ele prova do sentimento, então toda ousadia vai embora e, nesse caso, literalmente a coragem foi por água abaixo. Pedro começou a mergulhar nas incertezas e seus maiores temores.

Essa experiência de Pedro contrasta duas realidades que muitas vezes enfrentamos:

Começamos bem, enfrentando os desafios profissionais, as ondas das incertezas, os ventos fortes da inveja, mas quando desconcentramos, e  passamos a dar valor aos medos, os números do êxito começam a ruir e damos lugar às estatísticas da desistência e da perda total de nossos investimentos.

6 – Pedir ajuda do líder

Se não fosse Jesus, Pedro teria afundado e morrido durante seu desempenho. É muito importante atentarmos para este pequeno e simples gesto de Pedro: ele pediu socorro para seu líder. Há muitos que estão vivendo momentos conturbados e não são capazes de solicitar apoio dos seus líderes. Há um socorro disponível a todo instante, mas o problema é que tem muitos que estão ocupados em seus status e não conseguem reconhecer suas debilidades. Peça ajuda para seu líder. Ele te socorrerá.

7 – Os piores inimigos: Medo e a dúvida.

Quando Jesus salva a Pedro, ele repreende seu discípulo, chamando-o de homem de pouca fé e pergunta o motivo de ter deixado a dúvida instalar-se em seu coração. A dúvida tira toda e qualquer possibilidade de vitória, seja onde for: no trabalho, no esporte, nos projetos pessoais, na construção da família, ou no ambiente da sociedade. E quem duvida passa a viver constantemente escondido entre os seus medos.

8 – O vento vai acalmar

E por fim, uma coisa essencial para compreendermos é que as tempestades irão cessar e o vento irá se acalmar. O choro poder até durar uma noite inteira, mas a alegria sempre chega pela manhã. Toda agitação não é para sempre, precisamos manter a calma, lançar nossas ansiedades e acredita que a bonança virá.

Seu Coach Amigo

ARIEL NOBRE

Etiquetado , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: