Os Obstáculos do Coaching

Imagem

Os maiores obstáculos para o Coaching, são oriundos de duas vertentes: obstáculos externos e internos na hora do gerente decidir se aplica ou não o processo de Coaching em sua empresa.

OBSTÁCULOS EXTERNOS

1) A cultura da empresa é contra esse tipo de metodologia. É claro que é. A filosofia do Coaching faz parte da nova cultura da empresa que as pessoas esclarecidas na organização estão tentando criar. O problema é que muitos preferem a ilusão entediante da segurança do status quo.

2) As pessoas estão cegas a qualquer nova abordagem. Algumas pessoas estáo céticas e desconfiadas, ainda mais se a comunicação na organização não for das melhores. É importante dizer às pessoas o que você fará diferente e por quê.

3) As pessoas não vão entender o que estou fazendo e não vão confiar em mim.

4) As pessoas vão saber que fiz um curso e vão me dar algumas semanas para voltar ao normal. 

5) As pessoas vão pensar que isso é mais um artifício da nova gestão. O Coaching não é um truque, mas uma necessidade para melhorar o desempenho e as relações com o pessoal.

6) O Processo do Coaching é muito demorado. eu raramente tenho tempo para treinamento.

7) As pessoas esperam que lhes digam o que fazer. 

8) As pessoas  vão pensar que fiquei maluco.

9) Vou perder a autoridade. É o contrário. O gerente que atua pelo coaching obtém um respeito de verdade, além do respeito de si mesmo.

10) Sou um especialista. As pessoas me respeitam por isso e esperam minhas contribuições especializadas. Sua experiência continuará sendo de um valor inestimável, só a maneira de usá-las é que vai mudar.

11) Já aplico um estilo de treinamento e não preciso mudar nada. Uma das formas clássicas de fugir da mundaça é a alegação de que já se faz isso.

OBSTÁCULOS INTERNOS

1) ARROGÂNCIA – Isso não é nada novo. Faço isso há anos. (Se essa for sua resposta arrogante, então com certeza você não faz).

2) MEDO – Receio não me sair muito bem. (Sem a prática não vai conseguir mesmo).

3) DÚVIDAVou ficar em dúvida, sem saber que peguntas fazer. Seguindo a regra de ouro de ouvir e observar o aprendiz, e seguir o que interessa, as pistas ou indicações que der.

4) CETICISMO –  Não terei os resultados que obtenho com meu estilo antigo. 

5) RIGIDEZ O  que fiz até agora funcionou. Por que mudar ?

6) TEIMOSIANão acredito nesses novos métodos suaves. 

7) MATERIALISMO –  A única coisa que motivas as pessoas é o dinheiro. (pesquisas recentes mostram amplamente que isso não é verdade)

Fonte: O livro: “COACHING para aprimorar o desempenho”, de John Whitmore

Etiquetado , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: