O preço da PROCRASTINAÇÃO

procrastinar1

Talvez um dos piores inimigos do homem na atualidade seja a procrastinação. Apesar de ser uma palavra que não seja tão popular, na prática ela tem se tornado conhecida por todos nós. Mas o que seria, então, procrastinar? Em simples resposta, seria deixar algumas tarefas para serem feitas para depois. O Brasil é conhecido como o país da última hora, pois a maioria sempre deixa para resolver seus problemas no último dia.

A palavra procrastinação vem do latim procrastinatus, que é a junção de pro (encaminhar, executar) e crastinus (amanhã), ou seja, deixar para fazer depois ou amanhã. E nisso, vamos deixando de fazer algumas coisas extreamamente importantes em nossa vida. Eu falo propositadamente ‘vamos’ , porque na realidade não há quem não procrastine na vida, pelo menos uma vez na vida. Muitos hoje procrastinaram, ao apertar na ‘soneca’ do alarme, para dormir uns 5 minutos a mais, e mais, e mais…… zzzzzzzzzzzzzz

Alguns deixaram de lavar aquela pilha de louças, outros deixaram de ir a uma academia para fazer exercícios, outros dizem sempre: segunda-feira, eu começo a minha dieta. E muitos estão sendo tentados a deixar para ler esse post, quem sabe, amanhã…. O certo é que todos procrastinamos alguma coisa. Mas o problema é quando esse procrastinar se torna crônico, atrapalhando o desempenho e os resultados.

Mas qual o grande preço da procrastinação ? O preço é muito alto, e literalmente pode significar inclusive perder dinheiro. Se por exemplo você deixa de comprar uma passagem hoje, amanhã poderá encontrá-la com o dobro do preço. Mas não somente no lado financeiro, também na saúde e no crescimento intelectual.

Uma recente pesquisa realizada com aproximadamente 3 mil pessoas, na idade média de 31 anos, e divulgada no livro ‘Equilíbrio e Resultado’, de autoria de um dos maiores gestores de tempo no Brasil, Chrstian Barbosa, apontou resultados das coisas que mais as pessoas protelam no seu dia-a-dia. As quatro coisas que são mais deixadas para depois, de acordo com a pesquisa, são respectivamente: Exercícios físicos (67%), leituras de livros (63%), Saúde (52%) e Planejamento financeiro (46%). Duas coisas que trazem equilíbrio e duas que trazem resultados. A questão é que estas quatro coisas atingem as demais áreas de uma pessoa, tornando-a infeliz com ela própria.

O grande problema da procrastinação é exatamente o resultado que ela traz: torna as pessoas infelizes, frustradas, improdutivas, com baixa auto estima, inseguras e com o sentimento de perda muito grande. As vezes a procrastinação pode trazer um sentimento de aproveitar a vida, mas acaba impedindo de você alcançar o que você quer. O objetivo desse post é que você resolva sair da procrastinação e procure administrar os seus objetivos, buscando realizar as tarefas importantes em sua vida.

Etiquetado , , , , , , ,

4 pensamentos sobre “O preço da PROCRASTINAÇÃO

  1. lucimara disse:

    gloria a deus por tua vida .vc e um instrumento de deus para nos . obrigado

  2. Cleomara Corrêa disse:

    Muito interessante, fiquei feliz por ler esse texto, o sr. Esta de parabens por este post! Deus continue o abençoando cm muitas palavras edificantes.

  3. Thiago Higino disse:

    Paraabens, pelo texto.. Veio em boa Hora, que Deus Abencoe…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: