O mundo não acabou… para os VIVOS!

fin-del-mundo1

A frenesi de que o mundo iria acabar neste 21.12.2012, que teria sido previsto pelos maias e que assombrou gente de todos os quatro cantos do planeta, é mais uma amostra de quão inseguros estão as pessoas. Inseguros de si, inseguros do amanhã, inseguros da pós-morte, inseguros de como será o amanhã. Tudo isso me faz refletir, que não nascemos para o fim das coisas, mas que fomos criados para continuar o que começamos.

É o sentimento de eternidade que queremos e precisamos ter. Isso nos dá um sinal de que verdadeiramente a Bíblia tem razão, quando descreveu o momento da criação da humanidade, idealizado e formado para ter a semelhança de seu criador. “Façamos o homem à nossa imagem e semelhança”, Gênesis 1:26. A eternidade do criador para o homem foi a ideia original de Deus para toda a humanidade, mas que foi interrompida pelo pecado, que é a porta da morte no mundo.

Mas se o mundo literalmente não acabou, para muitos o dia de hoje teve seu fim. Eu digo para aqueles que dormiram e não acordaram, para aqueles que morreram nos hospitais, para aqueles que subitamente tiveram o fôlego de vida extraídos de seus corpos. Para estes, sim, o mundo acabou. Mas para os que ainda respiram, o mundo ainda existe. E se o mundo existe, é tempo de oportunidades para criarmos um mundo melhor.

Se você ainda existe, e está lendo minhas palavras, então acorde, espante o medo, se livre da insegurança. Respire fundo, comece um novo tempo em sua vida. Seja uma luz de esperança, de amor, de criatividade. Não perca tempo com medo da morte, reaja diante das lutas e produza novos projetos, conquiste seus sonhos. O mundo não acabou… para os VIVOS!

Etiquetado , , ,

5 pensamentos sobre “O mundo não acabou… para os VIVOS!

  1. Carlos Andrade disse:

    Será que não seria sensato afirmar que de certa forma, viver esse momento de impotência por conta do suposto fim do mundo, nos faz refletir de quão pequenos somos, de quanto NÃO vale a pena viver em ilusões de que somos ou podemos ser maior, melhor que o nosso próximo, afinal de contas, se o mundo realmente tivesse acabado, todos não iríamos para o mesmo “buraco”?
    Nesta euforia podemos parar por alguns momentos e permitir-se ser uma pessoa melhor, mais amável, compreensiva, paciente e atenciosa com todos a nossa volta, não por obrigação, mas, por reconhecimento de que precisamos uns dos outros.
    Ousar ser diferente, desafiar-se a andar na contra-mão na avenida da moda rotineira que o mundo nos impõe. Atualmente muitos já foram a óbito em suas mentes, por isso, vivem como tal.
    Acredite, você pode despertar desse pesadelo e voltar a viver, basta pra isso, olhar pra dentro de si e libertar sua mente.
    Excelente matéria… Parabéns Ariel Nobre!!!
    Carlos Andrade.

  2. Ana Paula Rocha disse:

    O mundo acabou para alguns. Existem pessoas que não vivem apenas existem.
    Essa matéria é fantástica para que deixamos de existir e passamos a viver.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: